Se tornou cada vez mais comum a procura de remédios antidepressivos para solucionar os problemas de estresse, ansiedade e depressão. Contudo, é necessário tomar cuidado para que o corpo não se torne dependente desses produtos. Uma boa alternativa aos remédios, é a psicoterapia.

A psicoterapia, popularmente chamada de terapia, é uma forma de tratamento que propõe uma conversa entre o psicólogo e o paciente. Durante o tempo da sessão, o paciente irá dialogar sobre as questões que o afetam e incomodam internamente. Essa alternativa terapêutica é recomendada para tratar traumas, problemas de relacionamento, estresse, depressão, ansiedade e outras doenças mentais.

Segundo Maria Helena Reis, psicóloga formada pela FUMEC e atendente psicológica da Clínica VitaCorpus, é importante ficar atento aos sinais demonstrados pelo corpo e saber qual é a correta para procurar a ajuda de um profissional. “Quando a pessoa não está mais feliz em sua vida pessoal e se torna improdutiva no trabalho é a hora de procurar a ajuda médica. Os sintomas podem ser sutis, mas eles existem. Não podemos nos esquecer que o trabalho é importante, mas ele não é tudo, precisamos dar atenção para a vida afetiva e particular”, ressalva ela.

Ainda segundo ela, com a psicoterapia é possível estabelecer limites e dar prioridade ao que realmente é emergencial na vida de trabalho. Este tratamento também ajuda a entender quais são os comportamentos que boicotam a vida particular, “a psicoterapia procura os locais em que o paciente está dispensando mais energia. Identificando este local, o psicólogo o guiará para resolver o problema”, afirma Maria Helena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *